REDE DOS EMISSORES PORTUGUESES

Associação Nacional de Radioamadores
Instituição de Carácter Científico e de Utilidade Pública
Secção Portuguesa da IARU desde 1931
O que é um modo?

Em Radioamadorismo, considera-se modo qualquer técnica de modulação que permita comunicação bidireccional com outra estação que use um sistema idêntico ou compatível que permita recepção e desmodulação.

Existem cinco categorias de comunicações usadas em Radioamadorismo: Radiotelegrafia (Código Morse), radiotelefonia (voz), radioteleimpressora (RRTY em Baudot ou ASCII), digital (packet) e imagem (SSTV, FSTV, e fax)

A chave do sucesso para as comunicações via rádio é a relação sinal ruído. Isto significa que é possível comunicar com alguém se os sinais forem suficientemente altos para serem ouvidos através do ruído presente. As condições de propagação podem não ser suficientes para conduzir um sinal fraco à volta do mundo, mas teoricamente, se transmitirmos potência suficiente, e se não existir ruído, é possível contactar quase toda gente no mundo desde que as condições de propagação permitam que o sinal chegue ao seu destino.

O desafio consiste em trabalhar dentro das restrições da licença, orçamento, capacidades físicas, e condições atmosféricas, de forma a maximizar as hipóteses de ser ouvido. Se a relação sinal ruído no ponto de recepção for suficiente, seremos ouvidos. Se o nível de ruído for elevado, não chegaremos a lado nenhum.

Webmaster CT1END